quarta-feira, 6 de junho de 2012

É que eu sou bicho arisco, seu moço...


 

E sinto que o perigo maior não é quando te olho nos olhos,
Mas quando me desvio deles.

Como é que eu me protejo dos teus olhos, seu moço,
Se o desejo de estar neles
É mais forte do que eu?

2 comentários:

  1. Estupidamente profundo, adorei.

    ResponderExcluir
  2. Uau, amiga. Poucas palavras, mas realmente lindas *-*
    Meu blog preferido! \o
    Ótimo fim de semana!
    Beijos beijos ;*
    http://fugaadarealidade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir